Buscar

SAÚDE MENTAL E EXERCÍCIO FÍSICO


A quarentena é marcada por uma rotina bombardeada de informações e incertezas a respeito do cenário local e mundial gerando medos e incertezas para todo mundo. Por ser um período de distanciamento social, recurso este recomendado para uma melhor proteção para evitar o contágio, é comum que as pessoas sintam falta do importante convívio em sociedade.

Além disso, o isolamento imposto para prevenir a contaminação em massa do covid-19 trouxe várias consequências não só no campo social e profissional, mas também no emocional. Com isso, sintomas de ansiedade ou depressão podem ser percebidos nesse período.

O exercício físico é reconhecido como um importante aliado da saúde mental. Sua recomendação é direcionada tanto como forma de prevenção de transtornos mentais como no tratamento complementar.

Segundo o artigo publicado este ano no The Lancet, estudo este feito com mais de 1400 brasileiros, mostrou que em apenas 30 dias de isolamento por conta da COVID-19, já houve um aumento expressivo no número de pessoas que apresentam sinais e sintomas de transtornos mentais, como estresse agudo, com aumento de 40%, ansiedade em 71% e depressão com maior aumento, 90%.

O estudo ainda mostrou que as pessoas que mantem uma rotina de exercícios físicos, tem um efeito protetor contra os sinais e sintomas de estresse agudo, ansiedade e depressão. Ou seja, a chance de uma pessoa que está se exercitando apresentar esses sinais citados acima é menor quando comparado com uma pessoa em quarentena que não faz atividade física de forma regular.

Sendo assim, procure preservar uma vida mais ativa, pois é a melhor forma de manter uma saúde mental fortalecida.

Gostou de post? Então, nos ajude curtindo e compartilhando !!


Bruna Rossi – CREF-4 Nº 069859-G/SP , personal trainer

1 visualização

Posts recentes

Ver tudo