Buscar

TREINAMENTO RESISTIDO COM ELASTICOS: EFICIENTE OU NÃO?


O treinamento resistido é benéfico no tratamento e prevenção de doenças crônicas, bem como no aumento da aptidão física e saúde. Neste sentido são crescentes as investigações com o intuito de encontrar ferramentas simples, eficazes e de baixo custo para a realização deste tipo de treinamento.

Materiais resistivos elásticos, como faixas e tubos, são ferramentas de baixo custo e altamente versáteis, frequentemente utilizados em programas de exercícios terapêuticos devido à praticidade dos pacientes realizarem o treinamento em casa por meio de um grande número de arcos de movimentos.

Os exercícios com resistência elástica têm conquistado espaço no treinamento resistido, sobretudo, na sua condição de trabalhar com padrões de movimentos mais funcionais em relação as máquinas de musculação.

Estudos mostram a eficácia de um programa de treinamento utilizando a resistência elástica resultando em adaptações na musculatura esquelética, tais como: aumento na percentagem de fibras musculares, mudanças no tamanho da fibra e na capilarização após um treinamento de curta duração.

A utilização da resistência elástica é um método alternativo para o treinamento resistido, visto que estudos prévios demostram que a ativação muscular neste tipo de treinamento é semelhante ao treinamento resistido convencional, além de também ser recomendado pelo ACSM (American College of Sports Medicine).

A resistência elástica se destaca por sua praticidade e possibilidade de realização do treinamento em pequenos espaços, incluindo o âmbito domiciliar. Tais vantagens são potencializadas ao considerar os baixos custos de tais dispositivos comparados aos equipamentos de musculação.

Se você gostou deste post, curta e compartilhe com seus amigos!!

Bruna Rossi – CREF-4 Nº 069859-G/SP , personal trainer

3 visualizações

Posts recentes

Ver tudo