Buscar

SEXO ANTES DO TREINO, PODE PREJUDICAR O DESEMPENHO?


Existe a crença que o sexo antes do treino pode afetar a performance e a prática após o treino pode interferir na recuperação muscular.

Porém, vários estudos provam que ter relações sexuais antes de realizar exercício físico em nada afeta a prestação dos atletas e que tais crenças são apenas mitos.

Dois estudos realizados na década de 70 provaram que os níveis de testosterona, em amostras recolhidas imediatamente após ao ato sexual, foram superiores aos níveis encontrados em indivíduos que não tinham tido, recentemente nenhum contato sexual.

Já em 1995, um estudo com 11 atletas, tentou provar a influência de ter relações sexuais 12 horas antes de realizar exercícios aeróbicos. Neste estudo, as conclusões foram ao encontro da ideia de que a performance não sofreu alterações pelo fato de terem tido sexo antes da prova. Ou seja, esse não é um fator que causa uma diminuição na capacidade física dos indivíduos.

Para agregar nos estudos, uma revisão científica de mais de 500 publicações, informa, de modo geral, que o sexo tem um impacto positivo, desde que aconteça na noite antes da prova. As influências a nível psicológico, pode ser importante na manutenção da rotina sexual, pois há uma determinada influencia na disciplina dos atletas.

No entanto, esta revisão científica diz ser essencial haver um intervalo de, pelo menos duas horas entre a relação sexual e o exercício físico a que se vai propor, ou seja, menos de duas horas entre as duas atividades. Os investigadores acreditam que ter relações sexuais pode, de fato, influenciar o desempenho.

Diante disso, a maioria das pesquisas conclui que não há efeitos colaterais ou negativos da prática de atividades sexuais antes de um treino / ou competição.

Gostou deste post? Então, curta e compartilhe!


Bruna Rossi – CREF-4 Nº 069859-G/SP , personal trainer

2 visualizações

Posts recentes

Ver tudo